Angelino - O Anjinho Distraído | A escola dos seus filhos é segura?
16829
post-template-default,single,single-post,postid-16829,single-format-standard,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,vss_responsive_adv,columns-4,qode-theme-ver-8.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.9.2,vc_responsive

A escola dos seus filhos é segura?

07 mar A escola dos seus filhos é segura?

De modo geral, as escolas infantis se preocupam com a segurança das crianças e tomam as medidas básicas para protegê-las dentro de suas instalações. Mas muito pode ser feito para aumentar essa proteção, nas salas de aula, áreas de circulação e, principalmente, nos parquinhos.

Foi por isso que nasceu o Programa Escola Protegida. Um conjunto de medidas que visa não só a melhoria da infraestrutura, mas a conscientização de pais e professores para o problema dentro e fora da escola. O programa começa com uma vistoria das instalações e o levantamento fotográfico de todos os espaços onde as crianças frequentam ou transitam. Depois, um time de profissionais especialistas em segurança infantil, arquitetura e engenharia analisa os ambientes para propor correções ou incrementos. Na maior parte dos casos, são soluções simples e baratas, mas que podem reduzir muito os riscos de acidentes. O relatório entregue à escola é dividido em duas partes: Questões Críticas e Oportunidades de Melhoria. A solução dos problemas críticos passa a ser premissa básica para a escola entrar no Programa.

A segunda parte é o treinamento dos educadores e funcionários, com a realização de um curso de capacitação em Prevenção de Acidentes e noções de Primeiros Socorros para professores, auxiliares, serventes, cozinheiras e até a turma da limpeza. Todos aprendem com a presença de especialistas, apresentação multimídia e atividades práticas, em 10 horas de treinamento, divididas em pelo menos 3 encontros durante o ano.

A parir daí, as crianças passam a desenvolver atividades educativas todos os meses, para aprenderem a identificar os perigos e desenvolverem o instinto de autoproteção. O nível de dificuldade das atividades é adaptado para as diferentes faixas etárias e são supervisionadas pelas professoras, que encaminham mensalmente para os pais, para que o aprendizado possa se completar em casa.

O programa prevê ainda alguns eventos na escola, com a presença dos pais, incluindo palestras, oficinas, atividades lúdicas e apresentações musicais e teatrais. Tudo para fechar o ciclo entre professores, alunos e pais em torno de um objetivo comum: reduzir os riscos de acidentes com as crianças.

Se a escola dos seus filhos não oferece o máximo de proteção para os seus filhos, converse com os diretores e recomende o nosso programa.

Informações: contato@angelino.com.br

Sem comentários

Enviar um comentário