Cuidado com as escadas. - Angelino - O Anjinho Distraído
16643
post-template-default,single,single-post,postid-16643,single-format-standard,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,vss_responsive_adv,columns-4,qode-theme-ver-8.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.9.2,vc_responsive

Cuidado com as escadas.

30 out Cuidado com as escadas.

As quedas de escadas são responsáveis pela maioria das fraturas e traumatismo em crianças. E a única maneira de prevenir esses acidentes é bloquear a passagem de seus filhos com cercas ou portões. O ideal é fazer sob medida, com um bom marceneiro ou serralheiro e usar um bom sistema de tranca para que os pequenos não aprendam a abrir facilmente. Independentemente do portão ser confeccionado em madeira ou metal, as barras de proteção não devem ter vãos maiores do que 6 cm para evitar que as crianças se machuquem.

Existem algumas cercas e portões a venda no mercado, mas é preciso ter cuidado na hora da escolha. Prefira aqueles que possuem o selo do INMETRO e na hora de instalar siga corretamente as recomendações do manual. No caso de produtos importados, teste antes de usar. A fixação precisa ser forte o suficiente para suportar o impacto de uma criança ou os movimentos para frente e para trás feitos repetidamente, que podem soltar parafusos ou molas de pressão.

Cuidado com cercas que possuem portão embutido. Em muitos casos, os adultos acabam tropeçando na barra inferior com as crianças no colo e o acidente acaba tendo consequências graves.

Faça o bloqueio nas duas extremidades da escada para proteger seus filhos. Se a cerca for portátil, deve acompanhar a criança no pavimento superior ou inferior da casa.

Na hora de transportar os pequenos pelas escadas, certifique-se de que o calçado que está usando seja adequado para não escorregar. Em alguns casos, é fundamental o uso de adesivos antiderrapantes.

Para cima ou para baixo, as crianças precisam de muito cuidado. 0 ; )

 

 

Sem comentários

Enviar um comentário