Angelino - O Anjinho Distraído | Cuidado com as mamadeiras.
16731
post-template-default,single,single-post,postid-16731,single-format-standard,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,vss_responsive_adv,columns-4,qode-theme-ver-8.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.9.2,vc_responsive

Cuidado com as mamadeiras.

11 dez Cuidado com as mamadeiras.

Você já deve ter ouvido falar do bisfenol A (BPA), um composto que costuma estar presente em produtos de plástico duro e transparente e que age como um hormônio artificial. Ele está associado a distúrbios de comportamento e memória e também a um maior risco de puberdade precoce, câncer, diabete e doenças cardiovasculares. Desde 2011, o governo brasileiro proibiu a presença da substância nas mamadeiras comercializadas por aqui, mas ela ainda pode estar em outros itens usados pela criançada, como brinquedos, chupetas e mordedores.

Confira a seguir cinco perguntas e respostas sobre o composto, os riscos que ele oferece e como evitar seus estragos.

1. Como saber qual produto possui bisfenol A?

Ele está presente em muitos tipos de plásticos. Para identificá-lo, procure por um número na embalagem, geralmente gravado no fundo. Os plásticos de números 3 e 7 são os que trazem maior risco de liberarem a substância após o contato com líquidos aquecidos ou detergentes fortes. Os de número 5 não apresentam perigo. Existem também produtos com o alerta “livre de BPA”, o que significa que ali não há bisfenol A.

2. O que o bisfenol A causa no organismo?

O bisfenol A altera a função e o desenvolvimento dos órgãos sexuais, em especial da próstata e da mama, além de levar à puberdade precoce. Uma grande preocupação é que essa substância se acumule no cérebro, podendo causar distúrbios de comportamento e memória.

3. Se os produtos foram liberados pela ANVISA, posso usar tranquilamente?

Sim. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) declara que a quantidade permitida de bisfenol A é de 0,6mg e não oferece riscos à saúde. Apesar da liberação da ANVISA, indicamos que a mãe utilize acessórios livres da substância.

4. Qual o jeito certo de higienizar esses produtos?

O aquecimento de potes de plástico, chupetas ou outros itens contendo BPA é responsável pela liberação do composto. Portanto, produtos que contêm a substância não devem ser fervidos ou levados ao micro-ondas. Basta lavá-los com detergente suave ou de coco. Depois, deixar de molho no cloro por alguns minutos e enxaguar com água corrente.

5. É melhor usar recipientes de vidro do que de plástico?

Não necessariamente. A melhor alternativa é comprar acessórios de plástico livres de bisfenol A. Mamadeiras de vidro pode ser mais prática porque elas são fáceis de lavar e podem ser fervidas. O melhor é colocar o alimento na mamadeira ou no potinho de plástico apenas na hora de dar ao bebê.

Fonte: bebe.com.br

Sem comentários

Enviar um comentário