Dicas para seu Filho Comer Bem. - Angelino - O Anjinho Distraído
15547
post-template-default,single,single-post,postid-15547,single-format-standard,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,vss_responsive_adv,columns-4,qode-theme-ver-8.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.9.2,vc_responsive

14 jun Dicas para seu Filho Comer Bem.

Quer ver pais preocupados? É notar que seu filhos não andam se alimentando bem. Troca as refeições mais importantes por besteirinhas no decorrer do dia, ou então faz a mãe separar toda a verdura que tem no seu prato porque ele não gosta!

Para ajudar estes pais que estão preocupados ao ver seus pequenos deixando os pratos cheios e sem experimentar novos sabores, reunimos algumas dicas:

  • Sempre ofereça. Por mais que você saiba que ele vai responder não, ofereça. Estudos mostram que é preciso de 7 a 8 exposições ao novo alimento para que a criança o aceite;
  • Deixe que ele te ajude na escolha e no preparo dos alimentos, isso vai despertar a curiosidade dele para saber o sabor do mesmo;
  • Coma também. Você é um importante modelo alimentar para o seu filho, não adianta querer obriga-lo a comer beterraba se você não coloca em seu próprio prato;
  • Faça pratos divertidos para ele. Use os alimentos que preparou e faça desenhos divertidos quando for montar o prato dele;
  • Não engane o seu filho. Ao ser questionada que alimento é aquele, não diga que o chuchu é batata só porque ele come, ele pode acabar ficando sem comer os dois;
  • Convença ele a experimentar o alimento. Diga todos os benefícios que o alimento vai trazer para ele (tudo isso em uma linguagem que ele entenda), fale de amiguinhos e desenhos que comem tal alimento, isto irá estimula-lo;
  • Nenhum alimento é insubstituível. Se o seu filho não come abóbora ofereça outra alimento que ele goste equivalente aos nutrientes que a abóbora;
  • Não obrigue o seu filho a comer todo o alimento do prato, afinal, nem todos os dias ele esta com o mesmo apetite;
  • Evite deixa-lo comer besteiras pelo menos 2 horas antes das refeições, isso faz com que ele perca o apetite não querendo a comida;
  • Estabeleça os horários da refeições;
  • Deixe que ele mesmo faça o seu prato ou então faça o prato dele perguntando sempre se aquela quantidade é suficiente;

Toda regra tem exceção, mas para elas é preciso que se tenha muito disciplina e força de vontade. Então se você quer vendo seu filho se alimentando bem, comendo legumes e frutas, não desista no primeiro não!


Fonte: amaecoruja.com

Sem comentários

Enviar um comentário