Angelino - O Anjinho Distraído | Iniciação Musical. Quando começar?
16703
post-template-default,single,single-post,postid-16703,single-format-standard,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,vss_responsive_adv,columns-4,qode-theme-ver-8.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.9.2,vc_responsive

Iniciação Musical. Quando começar?

23 nov Iniciação Musical. Quando começar?

“Se fosse ensinar a uma criança a beleza da música, não começaria com partituras, notas e pautas. Ouviríamos juntos as melodias mais gostosas e lhe contaria sobre os instrumentos que fazem a música. Aí, encantada com a beleza da música, ela mesma me pediria que lhe ensinasse o mistério daquelas bolinhas pretas escritas sobre cinco linhas. Porque as bolinhas pretas e as cinco linhas são apenas ferramentas para a produção da beleza musical. A experiência da beleza tem de vir antes.”
O texto acima é do educador e escritor Rubem Alves, e abre a coleção Primeiras Notas, um método de musicalização para a primeira infância, que tem sido implantado em várias escolas públicas pelo país. É uma forma lúdica e divertida de introduzir a música de forma simples na vida das crianças, sem instrumentos, usando apenas o próprio corpo e objetos presentes nas escolas.
 Alguns nascem com o que chamamos de dom musical, mas isso acontece com uma minoria que acaba por ganhar destaque ao longo de seu desenvolvimento, aliando o talento ao estudo e esforço diário para o aperfeiçoamento. E a iniciação musical, ou musicalização, é isso: a construção do conhecimento musical, despertando, desenvolvendo, estimulando e contribuindo para a formação do ser humano.

Por isso, deve ser universal, acessível a todos os alunos, pois desenvolve diversos sentidos das crianças, tão importantes para sua formação pessoal como a percepção auditiva, imaginação, coordenação motora, memorização, socialização, expressividade, percepção espacial, entre outros. Crianças a partir dos 2 anos de idade já têm a capacidade de participar de atividades desse tipo, apresentando progressos em seu desenvolvimento de forma muito nítida quando comparadas à crianças que não estão expostas e recebem pouco estímulo musical.

O ideal é que as crianças iniciem a musicalização antes de ingressar em um curso para a prática de um instrumento musical específico, para que tenha contato com o universo da música de maneira mais ampla, passando pela fase da experimentação e descoberta, para desenvolver sua capacidade para expressar seus sentimentos através da música.

Quando essa iniciação é ignorada, muitas crianças extremamente criativas e musicais acabam por perder o interesse na música quando passam a ter aulas de determinado instrumento, por conta da teoria e exercícios muito técnicos, necessários, mas que não desenvolvem a sensibilidade das crianças.

A iniciação musical também permite que a criança, e não os pais, escolha com segurança o instrumento com o qual tem mais afinidade, tornando assim o aprendizado teórico mais fácil e intuitivo.

A fase ideal para o início do aprendizado de um instrumento específico é juntamente com a fase final da alfabetização, por volta dos 6 ou 7 anos. Já no caso dos adultos, sempre é tempo de começar a aprender!

 

Fonte: Timbre/Libbro

Sem comentários

Enviar um comentário