Intoxicação com produtos de limpeza. - Angelino - O Anjinho Distraído
16712
post-template-default,single,single-post,postid-16712,single-format-standard,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,vss_responsive_adv,columns-4,qode-theme-ver-8.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.9.2,vc_responsive

Intoxicação com produtos de limpeza.

30 nov Intoxicação com produtos de limpeza.

Especialmente na fase oral, as crianças tendem a colocar tudo na boca. O que dizer de um líquido colorido, dentro de uma garrafa de refrigerante, que ainda tem cheirinho de fruta? Os produtos de limpeza comprados a granel e guardados em embalagens de refrigerantes são responsáveis por boa parte dos envenenamentos dentro de casa. Por serem menores, o metabolismo das crianças funcionam mais rápido e basta uma pequena quantidade de produto tóxico para ter um efeito nocivo.

Se não quisermos que uma criança chegue a provar o conteúdo de uma garrafa de água sanitária, detergente ou qualquer tipo de produto de limpeza, o que temos que evitar é que a criança se aproxime dele. Ainda que não possamos compreender por que a criança tenta provar o sabão em pó, a curiosidade é infinita, e o fato de que possam ter acesso ao desconhecido faz com que ela queira experimentar de tudo.

Por isso, o melhor é que toda vez que utilizarmos água sanitária, detergente ou algum produto similar, a gente guarde em algum lugar que eles não tenham acesso, seja porque não conseguirem vê-lo ou porque não está ao alcance ou ainda trancados num armário.

Também é recomendável evitar a confusão de embalagens, ou seja, que a criança não acredite que está em frente a uma garrafa de algo que possa ser bebível, ou uma caixa de cereais ao invés de pastilhas da lavadora de roupas. Quanto ao fechamento dos produtos, não podemos perder de vista o fato de que é melhor investir naqueles que sejam difíceis de abrir para dificultar a abertura pelas crianças. Tampas que combinam dois movimentos simultâneos para serem abertas são as mais recomendáveis.

O que fazer se uma criança se intoxica com um produto de limpeza

Se por alguma causa não pudermos evitar o acidente doméstico e algum dos nossos filhos tenham se intoxicado sem querer com algum produto de limpeza, a solução é levar a criança urgentemente para o pronto socorro, sobretudo se a criança apresentar fortes dores de estômago.

É muito importante que não tentemos provocar o vômito, nem dar água, leite ou qualquer outro líquido. Se o problema não for uma intoxicação interna, mas nos olhos ou na boca, é recomendável lavar com muita água, mas se o problema persistir é conveniente levar a criança a um pronto socorro.

 

Fonte: Guia Infantil.

Sem comentários

Enviar um comentário