Não esqueça o bebê. - Angelino - O Anjinho Distraído
16462
post-template-default,single,single-post,postid-16462,single-format-standard,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,vss_responsive_adv,columns-4,qode-theme-ver-8.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.9.2,vc_responsive

Não esqueça o bebê.

25 ago Não esqueça o bebê.

Pode até parecer improvável alguém esquecer o próprio bebê dentro do carro mas, acredite, isso acontece com mais frequência do que pensamos e, em alguns casos, pode acabar em tragédia. Basta uma simples alteração da rotina para a confusão acontecer. Imagine a seguinte situação hipotética: a mãe leva o filho diariamente para a creche, mas num certo dia em particular, pede para que o pai se encarregue da tarefa. Após alguns minutos rodando com o carro, o bebê adormece e a atenção ao trânsito toma conta da cabeça do motorista, dispersando seus pensamentos. O estresse, a pressa, os problemas do dia a dia ou a falta de atenção natural podem conspirar contra e, em vez de se dirigir para a creche, o pai toma o rumo da empresa. Chegando lá, ato mecânico, sai do carro, trancando a criança dentro. Todos os anos vemos histórias como esta se repetir em várias partes do mundo. Para que este tipo de problema não ocorra com você, recomendamos algumas dicas simples, mas muito eficientes:

 

  • Coloque a sua carteira, notebook, celular, casaco e outros itens pessoais importantes no banco de trás, ao lado do bebê.

 

  • Da mesma forma, coloque a sacola, brinquedos e outros ítens do bebê no banco da frente, ao seu lado.

 

  • Instale retrovisores auxiliares no carro, para ficar de olho na criança. Se ela for pequena e ainda utilizar o bebê conforto, que é instalado de costas para o movimento do carro, utilize 2 espelhos retrovisores auxiliares: um no parabrisa e outro no vidro de traseiro, para estabelecer o contato visual com o bebê.

 

  • Programe o seu telefone celular para despertar no tempo que levaria para chegar na creche, com uma mensagem de texto que questione se a sua missão foi cumprida.

 

Divulgue essas dicas e evite julgar os pais que esquecem seus filhos no carro como relapsos ou irresponsáveis. Isso pode acontecer em qualquer família.

Sem comentários

Enviar um comentário