Os primeiros dentinhos. - Angelino - O Anjinho Distraído
16631
post-template-default,single,single-post,postid-16631,single-format-standard,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,vss_responsive_adv,columns-4,qode-theme-ver-8.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.9.2,vc_responsive

Os primeiros dentinhos.

24 out Os primeiros dentinhos.

O nascimento dos primeiros dentinhos deixa a criança chatinha e irritada por causa do desconforto que a erupção dos dentes ocasiona. Algumas mamães ficam preocupadas e não sabem o que fazer para acalmar o bebê.

O surgimento dos dentes ocorre mais ou menos aos 6 meses de idade e os primeiros a aparecer são os incisivos centrais inferiores. Depois aparecem os incisivos centrais superiores, seguido pelos incisivos laterais inferiores. Por volta de 1 ano e meio surgem os incisivos laterais superiores. Então começa a erupção dos dentes mais posteriores como os primeiros molares, os caninos e os segundos molares.

Aos 3 anos, seu filho terá todos os dentes de leite. Ao todo, são 10 dentinhos na arcada de cima e 10 na arcada de baixo. As mamães não devem ficar preocupadas se no primeiro aniversário do seu filho nenhum dente aparecer. É normal um atraso de até 8 meses.

Pode acontecer casos de bebês que nascem com os chamados dentes natais.  Ou aparecem nas primeiras semanas de vida (neonatais). Apesar de parecer estranho, saiba que não tem nada de anormal.

Normalmente, os dentes natais ou neonatais são os incisivos inferiores. O dente pode ser deixado caso não estiver causando qualquer dificuldade à criança. Essa dentição precoce, entretanto, pode machucar a língua do bebê e o seio da mamãe durante o aleitamento materno. Para que isso não aconteça, o odontopediatra pode fazer um polimento dos dentes.

Mas se o dente estiver muito mole com perigo da criança aspirá-lo, o odontopediatra então o mais indicado é uma cirurgia simples para extraí-lo. A mamãe pode ficar despreocupada que outro dente nascerá no lugar do dente extraído. Mas atenção: nunca tente retirar o dente do seu bebê em casa.

Os primeiros sinais de que os dentinhos estão chegando são coceira na gengiva pela pressão dos dentes, gengiva mais abaulada e esbranquiçada e aumento da salivação por conta do amadurecimento das glândulas salivares e pela incapacidade do bebê engolir toda a saliva. Todos esses sintomas deixam o sono do bebê mais agitado.

Nesse período, o bebê leva tudo o que pega à boca, principalmente para aliviar a coceira das gengivas. As impurezas são transportadas do ambiente para o organismo do bebê podendo ocasionar estados febris, vômitos e diarréias, sintomas sempre relacionados com o aparecimento dos primeiros dentinhos.

Para aliviar a coceira gengival, ofereça ao bebê mordedores para massagear a gengiva. O alívio será maior se antes o mordedor ficar na geladeira, o frio ajuda a confortar a região.

A partir dos seis meses, com a introdução de novos alimentos também se inicia., comece aumentar a consistência dos alimentos gradualmente. Alimentos sólidos também ajudarão a massagear a gengiva além de estimular e ensinar a mastigação.

A mamãe pode ainda fazer uma massagem com o dedo indicador em toda gengiva, sempre com a mão bem limpa. Se a irritação for muito forte, consulte o médico que poderá receitar analgésicos e antitérmicos.

Os dentes de leite servem como guia para o posicionamento e a fixação correta da dentição permanente além de auxiliar na mastigação e no desenvolvimento da fala. Então, os cuidados devem começar mesmo antes do nascimento dos primeiros dentinhos. É preciso caprichar na higiene bucal do bebê.

Nos primeiros meses de vida, os pais devem fazer uma limpeza da gengiva, bochecha e língua com uma gaze ou fralda embebida em água filtrada pelo menos três vezes ao dia. A primeira visita ao dentista que dará orientações sobre como fazer a higienização deve ser nos primeiros meses também.

Com a erupção do primeiro dente, pode-se começar a utilizar uma escova pequena, macia e com cerdas arredondadas. Não é necessário creme dental, mas se usar, escolha aqueles sem flúor e com fórmula comestível. Lembre-se: o cuidado com a dentição precoce do seu bebê é sinônimo de um sorriso saudável no futuro.

 

Fonte: Guia do Bebê

Sem comentários

Enviar um comentário