Pandemia: como ela pode afetar a saúde emocional das crianças? - Angelino - O Anjinho Distraído
54718
post-template-default,single,single-post,postid-54718,single-format-standard,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,vss_responsive_adv,columns-4,qode-theme-ver-8.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.9.2,vc_responsive

Pandemia: como ela pode afetar a saúde emocional das crianças?

15 jul Pandemia: como ela pode afetar a saúde emocional das crianças?

Descubra como manter a saúde emocional das crianças em meio à pandemia e isolamento social.

 

Em um dia temos aulas, atividades extracurriculares, visita à casa dos avós e um universo de tarefas a fazer. No dia seguinte, você ouve falar de uma tal pandemia. Ela não deixa você sair de casa, ver seus amigos, seus avós e muito menos fazer aquela aula de judô, balé, ou dança. 

Se para nós adultos, já é complicado lidar com tantas mudanças de um dia para o outro, e sem saber quando as coisas irão normalizar, imagina para as crianças?

Por isso, nesses momentos é muito importante descobrir meios de minimizar os impactos, dando a maior qualidade de vida possível aos nossos pequenos.

 

Planeje uma rotina em casa durante a pandemia

Faça um mural divertido onde vocês poderão dividir as pequenas tarefas de cada um como arrumar a cama, escovar os dentes, tomar banho, guardar os brinquedos, e assim por diante. Dessa forma, eles irão enxergar estas funções como algo agradável e ocupará o tempo deles.

Este local também ajudará as crianças a entenderem, quando os pais estarão disponíveis para brincar com eles ou não. 

Converse com seus filhos sobre o que é a pandemia

Explique na linguagem deles, o que está acontecendo e por quê a rotina mudou. Fale que para diminuir o risco de ficar doente, precisamos lavar bem as mãos, usar máscaras e ficar mais tempo em casa. É importante também que eles saibam que tudo vai passar, nós só não sabemos exatamente quando.

Ajude no dever de casa

Por mais que a tela do celular já seja uma companheira para a maioria dessas crianças, precisar aprender através dela é completamente diferente. Tente assistir  às aulas junto com seus filhos e explicar os pontos que ele não compreender. 

Crie atividades lúdicas

O isolamento social causado pela pandemia trouxe o momento ideal para reviver nossos jogos de infância, ensinando brincadeiras como peteca, 5 marias, pular corda e colorir com os livros do Angelino! Além de estreitar os laços com as crianças, elas se divertem e vocês criam boas memórias! 

Mãos à obra

Com algumas dessas dicas, suas rotinas ficarão mais leves e o isolamento social se tornará menos prejudicial à sua saúde mental e das crianças. Escolha suas aventuras preferidas do Angelino para curtir junto dos pequenos, aqui.

E você, o que já colocou em prática nessa quarentena?

Sem comentários

Enviar um comentário