Angelino - O Anjinho Distraído | Queimaduras. O que fazer?
16415
post-template-default,single,single-post,postid-16415,single-format-standard,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,vss_responsive_adv,columns-4,qode-theme-ver-8.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.9.2,vc_responsive

Queimaduras. O que fazer?

09 ago Queimaduras. O que fazer?

É mais comum do que o desejável. Muitas crianças se queimam dentro de casa quando encostam as mãos no forno quente, aquecedores, lareiras, velas, nas bocas do fogão ou por meio do derramamento de líquidos quentes. Nestes casos, o primeiro cuidado é interromper a fonte de calor, ou seja, impedir que permaneça o contato do corpo com o fogo, líquidos ou superfícies aquecidas.

Em seguida, procure lavar o local atingido com água corrente em temperatura ambiente pelo tempo suficiente para que a área queimada seja resfriada.

É importante buscar o auxílio de um profissional de saúde no posto de atendimento mais próximo do local do acidente, para que sejam tomadas as providências necessárias para o sucesso da recuperação e também para evitar o agravamento da lesão.

Se não houver Posto de Saúde nas proximidades, deve-se acionar os serviços de socorro do SAMU, do Corpo de Bombeiros ou procurar uma Emergência hospitalar.

Atenção:

Não passe no local atingido creme dental, esmalte ou receitas caseiras. Qualquer substância que seja passada sobre a pele queimada vai irritá-la. Há também o alto risco de infecção por bactérias, fungos e vírus presentes nesses produtos, já que a barreira natural do organismo – a pele – está danificada.

Evite também passar pomadas no local atingido, mesmo que adquiridas em farmácias. A pele fica extremamente sensível após uma queimadura e as pomadas machucam ainda mais as células cutâneas e podem irritar a pele e gerar infecções.

Não tente estourar as bolhas provocadas pela queimadura. Elas se manifestam nas queimaduras de segundo grau e funcionam como um curativo natural. Por isso, devem ser manuseadas apenas por um profissional especializado. Ou seja, não devem ser rompidas, estouradas ou mesmo esvaziadas com uma agulha.

Se houver necessidade de cobrir o ferimento a caminho do serviço de Saúde, o indicado é envolvê-lo num pedaço de pano limpo.

Tecidos ou materiais que grudam no ferimento, como o algodão, devem ser evitados.

Em caso de emergência, ligue:

Samu 192

Bombeiros 193.

Fonte: Sociedade Brasileira de Queimaduras.

 

Sem comentários

Enviar um comentário