Sobre a expectativa em relação aos filhos - Angelino - O Anjinho Distraído
36795
post-template-default,single,single-post,postid-36795,single-format-standard,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,vss_responsive_adv,columns-4,qode-theme-ver-8.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.9.2,vc_responsive

Sobre a expectativa em relação aos filhos

Expectativa em relação aos filhos

13 mar Sobre a expectativa em relação aos filhos

A expectativa em relação aos filhos pode gerar uma relação tóxica no convívio familiar. Saiba como contornar esse problema!

Desde a gravidez, é normal os pais criarem alguma expectativa em relação aos filhos. Como ele vai ser, do que vai gostar, etc. são coisas que passam pela cabeça de qualquer pessoa que em breve terá um filho. Mas, para não acabar gerando uma relação tóxica, os pais devem lembrar-se que seus filhos não precisam ser o que eles esperam e nem é saudável projetar na vida das crianças o que eles mesmos gostariam de ser.

Expectativa em relação aos filhos

Hoje, é um grande desafio saber controlar o nosso excesso de expectativa em relação a tudo. O número crescente de pessoas com transtornos de ansiedade é um grande exemplo, e esse excesso de futuro em nossas mentes também existe em relação à maternidade e à paternidade.

Além disso, é um esforço tremendo tanto financeiro quanto afetivo conseguir criar um filho hoje em dia, e todos os pais querem sempre o melhor para o seu. Porém, esperar um futuro brilhante pré-estabelecido pode frustrar tanto os pais quanto os filhos, pois as crianças também ficam chateadas quando não atendem aos desejos dos pais. Assim, a alta expectativa em relação aos filhos, mesmo que com boas intenções, pode gerar o distanciamento na relação familiar.

Expectativa X Realidade

É normal os pais acreditarem que sabem o que é o melhor para seus filhos, mas a cobrança excessiva e a extrema imposição do que é certo e errado afetam a autoestima e geram insegurança na criança na hora de tomar decisões. Não se trata de um descaso com a criação, mas sim, com um cuidado na hora de idealizar o futuro, pois ele não depende da expectativa dos pais em relação aos filhos.

Inclusive, todos sabemos que humanos não são perfeitos e que as derrotas fazem parte da vida. Por isso, é essencial construir uma relação de confiança para os filhos se sentirem seguros, principalmente nas fases de definição de personalidade e de competitividade nas escolas. Isto é, se seu filho não tirar sempre notas excelentes ou se ele acabar criando gostos diferentes, está tudo bem! 

Amor acima de tudo

Superproteção não é sinônimo de amor, e a educação é uma tarefa que exige humildade. Uma relação familiar saudável é aquela onde existe troca diária de aprendizados, não aquela onde os pais sabem de tudo.

Enfim, não é uma tarefa fácil, mas é sempre importante lembrar que os filhos devem ser livres para construírem seus próprios caminhos. O mais importante disso é demonstrar o amor incondicional e que os filhos podem contar com os pais, não importa o que aconteça.

COMPARTILHE SUAS DICAS COM O ANGELINO!

E aí, curtiu nossas dicas sobre as expectativas em relação aos filhos? 

Se você tem outras dicas, compartilhe com a gente enviando seus comentários! Confira também nossos outros posts clicando aqui!

Sem comentários

Enviar um comentário