Sono. A quantidade ideal. - Angelino - O Anjinho Distraído
16469
post-template-default,single,single-post,postid-16469,single-format-standard,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,vss_responsive_adv,columns-4,qode-theme-ver-8.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.9.2,vc_responsive

Sono. A quantidade ideal.

29 ago Sono. A quantidade ideal.

Meu bebê está dormindo muito? Meu bebê está dormindo pouco? Muitos pais ficam perdidos na hora de criar a rotina de sono em seus filhos, mas existe um ciclo natural para cada faixa etária que pode ser usado como referência.

O sono vem em ciclos de 3 a 4 horas no primeiro mês de vida, independente de ser noite ou dia. Entre o primeiro e o quarto mês, o bebê vai se adaptando progressivamente à luz e fazendo um sono mais longo quando é noite.

O primeiro indício de que o bebê está adequando seu ritmo biológico ao dia de 24 horas é entre a 3ª e a 4ª semana de vida. O bebê fica mais agitado e chorando, geralmente no final da tarde ou início da noite (entre as 17 e 22h). É a chamada “hora da cólica”.

Em torno do 6º mês de vida, os períodos de sono já chegam a 6 horas, geralmente com dois períodos noturnos separados pelo despertar para mamar. A consolidação do sono noturno ocorre gradualmente a partir daí.

Entre 2 e 3 anos, o sono noturno deve estar consolidado. Os períodos de sesta durante o dia tendem a diminuir e até acabar. A dificuldade de se adaptar ao próprio quarto, longe dos pais, se reflete na ansiedade, na dificuldade de dormir e nos medos noturnos. Nesta fase é fundamental manter a rotina para dormir. Os distúrbios do sono são comuns entre 20 e 30% das crianças nesta faixa etária.

Se seu filho está na pré-escola, procure evitar a sesta no final da tarde. Ela pode interferir no sono noturno. Nesta faixa, cerca de 15 a 30% das crianças ainda têm distúrbios de sono.
A transição para o padrão adulto de sono inicia a partir dos 5 anos e vai até os 12. São frequentes, nesta faixa, os pesadelos e as parassonias (movimentos anormais que resultam na interrupção do sono).

Confira na tabela abaixo os níveis ideais de sono para cada faixa etária:

Idade Média de horas de sono Características do sono
 Recém-nascidos (0 a 30 dias de vida)  16 a 20 horas  Ciclos de sono com 1 a 4 horas de duração, intercalados por período de vigília de 1 a 2 horas, independente de ser noite ou dia.
 Lactentes
(1 a 12 meses)
 14 a 15 horas (em torno do 4º mês de vida) e 13 a 14 horas (em torno do 6º mês de vida)  Entre 6 semanas e 3 meses começa a ocorrer diferenciação dos ciclos de sono diurnos e noturnos, que ficam mais longos. Após os 6 meses, observa-se sestas diurnas (em torno de duas por dia) que podem durar de 2 a 4 horas.
 1 a 3 anos  12 horas  Sono noturno consolidado e uma sesta por dia (1,5 a 3,5 horas).
 3 a 6 anos  11 a 12 horas  Redução das sestas. Em torno de 4 a 5 anos não ocorrem mais sestas diurnas.
 6 a 12 anos  10 a 11 horas  Observa-se diferença em relação à duração do sono noturno em dias de semana e fins de semana.
 Adolescentes (> 12 anos)  Ideal = 9 horas
Real = 7 horas
 Esquema de horários irregular, atraso do sono.

Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria.

Sem comentários

Enviar um comentário